segunda-feira, 29 de dezembro de 2014

Punta Ala, um paraíso na Toscana - Por Daniela Correa


A convidade de hoje é a Daniela Correa, criadora do blog "Donas de Casa Anonimas" e que também mora hà anos aqui na Italia. 

A Dani também participou de um bate papo no canal Mix pelo Mundo là no Youtube falando sobre o parto normal dela na Italia. 

Hoje a Daniela nos traz um texto intenso, contando em detalhes a escolha do seu destino de viagem no verao italiano, em particular à uma praia que.... bom, continue lendo o texto e voce saberà.... ai ai, sò nao vale suspirar no final, heim?! 

"Mais de 10 anos de casados, 0 vezes na praia juntos. Tínhamos que resolver essa questão e fizemos isso aqui na Italia. Foi em agosto de 2014 que tivemos nossas primeiras férias decentes depois de 6 anos de Italia. So tínhamos uma certeza entre tanta dúvidas: queríamos ir para uma praia!
Não sei se você sabe, mas aqui é muito comum as praias não terem areia e sim pedras, pelo menos no norte da Itália. E claro, queríamos areia! De preferência aquela branca, fofa e quentinha. Entre as informações colhidas de amigos, internet e livros, sabíamos que agosto é um mês caro, um mês de praia lotada e areia iríamos encontrar indo em direção ao sul da Italia. Contrariando tudo isso, nós queríamos algo mais barato, mas em agosto; praia mais isolada free* e não tão longe. Assim, resolvemos ir em direção a Castiglione della Pescaia, considerada a melhor praia em 2013. Ao redor dessa cidade, tínhamos muitas praia lindas para descobrir e tentar achar uma para chamar de nossa.

Optamos por ficar 1 semana bem vivida e alugamos uma casinha no Borgo Fonte Lupo (http://www.borgofontelupo.it/), um lugarejo escondidinho cheio de verde ao redor. O local é como uma mini fazenda, com algumas casas de 1, 2 e 3 dormitórios; cada casa possui seu jardim privado. É tudo muito simples e rústico. Tem piscina, local para fazer churrasco e no primeiro dia se recebe uma cesta com café da manhã. As paisagens do local são cinematográficas, me senti na novela Passione. 
No segundo dia da nossa chegada, em busca de uma praia free* e não tumultuada encontramos Punta Ala, uma fração de Castiglione della Pescaia. Praia de água tranquila** e transparente. É uma praia que fica em torno de 30 minutos do Borgo em que estavámos, mas valeu totalmente a pena. Melhor que qualquer descrição, vocês podem conferir no vídeo em que mostro a estrada chegando lá, saindo do estacionamento e atravessando a pequena floresta até chegar a praia. 

Por sorte, tem 2 estacionamentos, o que nós ficávamos custava em torno de 7 euros a diária ou 1 euro a hora. Por ser uma praia free, não se encontra bar por perto, salva-vidas, nem a estrutura de guarda-sol e cadeiras a disposição. Havíamos comprado um guarda-sol muito interessante que podia tanto ficar de pé como um guarda-sol comum, como ficar deitado ao chão, formando estilo uma mini cabaninha, para quem tem crianças é ótimo. Todos os frequentantes da praia visivelmente iam para ficar durante todo dia, muitas pessoas usavam as próprias árvores como proteção do sol, algumas levavam mesas e cadeiras desmontavéis e a farofada. Nós com crianças, íamos cedo e ficávamos até início da tarde.


Foram dias especiais, nos sentimos privilegiados por desfrutar de dias como aqueles, encontrando um lugar especial desses com características que para nós eram essenciais: liberdade e calmaria.


* aqui as praias costumam ser fechadas e pagas, isto é, você paga para entrar e tem direito a um guarda-sol, cadeira e ficar o dia todo. Numa mesma praia, é possível encontrar diversas dessas "empresas" que alugam seu espaço na praia, competindo nos preços (que variam de acordo com a época e local, podendo chegar a 25 euros o dia por pessoa em Castiglione della Pescaia, por exemplo) e nos serviços (barzinho, banheiro, playground para crianças).
**o verão de 2014 foi um verão atípico, frio e chuvoso, mas tivemos a sorte de na semana em que viajamos pegar sol sempre. O mar era muito tranquilo, com poucas ondas, às vezes, sem ondas, mas não posso afirmar que seja sempre assim."


E ai, deu para se empolgar ainda mais com a bella Italia? Sempre nos surpreendendo! Se voce gostou do texto, nao deixe de assistir ao video com imagens da viagem em companhia da Daniela e de sua familia. 
Se tiver algum interesse ou quiser bater papo fique a vontade para deixer sua mensagem nos comentàrios do blog! 

Link para o VIDEO da viagem Punta Ala, clique AQUI.


Daniela Correa - infohunter

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Tour Personalizado na Italia: Especialmente para voce!


O que é um "Tour Personalizado"? 

O tour personalizado està em suas maos, é voce quem decide qual o seu destino e o tipo de viagem que pretende realizar. Seja sozinho, em famìlia, com ou sem crianças, em turma de amigos; e serà voce a planejar aonde ir: mar, montanha, campo; se prefere ver Arte, Història, gastronomia e giro pelas cantinas italianas, parques temàticos, etc;  na primavera, no verao, outono ou inverno.

Para deixar voce livre de imposiçoes ou etiquetas a seguir, o Mix pelo Mundo criou essa oportunidade especialmente para voce que pretende e sonha em viajar pela Italia.

Apòs a decisao do destino e tipologia de viagem, voce irà programar o seu tempo de férias na Italia : se 1 semana, 15 dias, um mes, ou mais.

Em base a todos esses dados farei um orçamento dos locais a serem visitados por voce. 


Os valores para o orçamento sao:

1) Para cada dia de planejamento da sua viagem: 15 euros.


2) Caso voce queira que eu sugira para voce o seu hotel ou alojamento, bilhetes de museus/palàcios ou Igrejas, a minha assessoria custarà 15 euros por cidade a mais no seu orçamento.

Obs. Para este serviço voce nao precisa fechar um tour personalizado comigo. O preço para a lista de hotéis ou atraçoes é sempre o mesmo: 15 euros por cidade. 

Nao sendo uma agencia de turismo, Mix pelo Mundo nao é autorizado a reservar hotéis ou bilhetes para atraçoes turisticas e, por isso, voce mesmo farà a sua reserva em hotel (museus, aluguel de carro, etc). 

Para a sua maior comodidade, no blog Mix pelo Mundo voce encontra a opçao do maior portal de reservas on line do mundo: Booking.com , aonde voce mesmo poderà fazer a sua reserva on line. 


3) Se for da sua vontade a nossa companhia (minha e de meu marido Lorenzo) pelas redondezas, estaremos disponiveis para esta opçao.

Além do conhecimento por eu morar na Italia desde 2005, meu marido é italiano e viajou por toda a Italia, tendo conhecimento profundo no assunto sobre cultura, arte , història e ecologia. Além do que sou tradutora/intérprete italiano-portugues e portugues-italiano(freelancer), e poderei auxiliar voce em todos os contatos que teremos durante o tour juntos, sem nenhum acréscimo pelo trabalho de traduçao/interpretaçao no preço final.  

Forma de pagamento:  

Apòs nosso primeiro contato, aonde voce irà me contar o que pretende ver e fazer na Italia, enviarei a voce o orçamento de sua viagem gratuitamente. Se voce estiver de acordo com o valor total do serviço, aguardarei o pagamento através de depòsito bancàrio em nossa conta corrente aqui na Italia. Assim que o valor estiver na conta, inicio a programaçao da sua viagem para envia-la em até 7 dias ùteis à voce; 

Para o orçamento envie um email com todos os dados citados acima para: 

mixpelomundo@hotmail.com

E...boa viagem!!!! 

No video dou uma idéia geral da nossa proposta à voce:



Curiosidades Internacionais 2

Certamente quem cair de paraquedas por aqui é porque gosta de conhecer novos lugares, gosta de aprender sobre outras culturas e talvez, tenha até o desejo de se aventurar pelo mundo justamente em busca de conhecimento!

Se voce se encaixou em uma dessas caracterìsticas, pode clicar no video (mas nao de olhos fechados, pois deverà se deliciar com paisagens e curiosidades!) que ele foi feito pensando exatamente em voce!

Junto a algumas brasileiras espalhadas pelo mundo, montamos, pela segunda vez, esse projeto para levar ao leitor mais informaçoes e interesses internacionais.

Para assistir as curiosidades das participantes, ao final do video clique em cada uma delas para abrir a janela de um novo video, com uma nova curiosidade! 

Obrigada a todos e divirtam-se :


terça-feira, 28 de outubro de 2014

Vencedor...A do Primeiro Sorteio Mix pelo Mundo!!!

Obrigada pela participaçao de todos nesta primeira ediçao de sorteio no Mix pelo Mundo. 

E parabéns à... quer saber quem foi? Veja o video ai embaixo ;)



quarta-feira, 22 de outubro de 2014

PRIMEIRO SORTEIO NO CANAL MIX PELO MUNDO!!!!!!!

Ai Ai Ai Ai Ai eu nao via a hora de colocar esse video no ar para voces, estou tao feliz, espero muito que gostem!!!! beijo no coraçao de cada um, obrigada por todo o apoio de sempre!!!

Para participarem deixem nos comentàrios abaixo do video, là no canal do youtube, a intençao de voces participarem e pronto!! Sem regrinhas , simples assim!!! Assistam ao video atè o final para entenderem direitinho como irà funcionar , tà bom? Obrigada desde jà!!!!

E boa sorte a TODOS!!!!!


Cultura na Italia - Mantegna e Alberti, quem foram esses artistas italianos?

"Camera degli Sposi"
Mantegna(leia: "Mantenha") e Alberti foram dois dos maiores artistas italianos presentes no seculo XV, em meio ao periodo do renascimento. Em Mantova eles foram contratados pelo domìnio da cidade, os Gonzaga, àquele tempo sob o poder de Ludovico III Gonzaga.


Andrea Mantegna era um pintor que inicialmente executava a sua profissao trabalhando por comissoes, o que, nos dias de hoje, se pode identificar como o trabalhador autonomo; sucessivamente se estabilizou definitivamente com a sua familia em Mantova como pintor da corte, ou seja, um artista que vinha contratado nas dependencias dos Senhores da cidade, ou, dominantes, para as decoraçoes dos Palàcios Ducale e das obras arquitetonicas mais célebres da cidade. Contratado entao por Ludovico III Gonzaga, foi o criador dos maiores  afrescos(pinturas na parede) dos palàcios de Mantova.

"Camera degli Sposi"
 Além de fazer muitas pinturas em mesas de madeira, agora conservados nos maiores museus do mundo, inclusive de Sao Paulo/Brasil, pintou salas enormes como “La Camera Degli Sposi” ou “Camera Picta” ,aonde representou, tomando cuidado em cada detalhe e conseguindo dar o sentido da profundidade  de toda a dinastia dos Gonzaga durante a ocasiao das eleiçoes cardeais de Francesco Gonzaga. A sala està localizada no Castello di S. Giorgio di Mantova e era utilizada nas audiencias para discussoes publicas e usada como quarto de dormir aonde Ludovico III Gonzaga se reunia com a sua familia.


Castelo San Giorgio
Leon Battista Alberti, era um artista renomado e procurado sobretudo pelas suas capacidades arquitetonicas, apesar de haver conhecimento em divesas areas que iam da filosofia à arqueologia. Era uma das figuras mais versàteis do Renascimento. Em Mantova foi encarregado por Ludovico III Gonzaga, para a projetaçao de intervençoes arquitetonicas em algumas Igrejas da cidade. Vamos recordar a Igreja de San Sebastiano, capela privada dos Gonzaga que  apresenta uma tipica fachada dos tempos da idade clàssica e a Basilica di Sant’Andrea, capela aonde vem ainda hoje conservados os restos do sangue de Jesus, que apresenta também a presença clàssica tipicamente renascimentista.

Igreja Sant'Andrea
Nos dias atuais Mantova recebe um grande numero de turista durante o ano, estudantes, viajadores autonomos, grupos de turistas, turismo de terceira idade, todos interessados em conhecer de perto as belezas històricas deixadas por artistas como estes, que marcaram o nome da cidade com o seu talento e habilidade.

Igreja de San Sebastiano

Para maiores informaçoes entre no SITE de Mantova.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

SURPRESA NO CANAL!!!

Voce é como eu, que adora uma surpresa? Ou morde os dedos para saber logo do que se trata?! 
Nao importa, clica aì e tenta descobrir o que eu to aprontando de bom para voce!!!! :)



segunda-feira, 20 de outubro de 2014

TAG DO ITALIANO.... 2 !!!!!!!!!!!!!!!!!!

Nem preciso dizer né.... foi muito divertido e interessante responder a essas perguntas e curiosidades...vem saber mais assistindo ao video ...ah, e nao esqueça o cafezinho, o papo é longo, mas de qualidade ;)

Baci Baci!!



domingo, 19 de outubro de 2014

Manutençao de ruas na Italia - Voces jà pensaram sobre isso?

Nos ultimos dias tivemos fortes chuvas e com isso algumas ruas precisaram ser reparadas e arrumadas. Observando os trabalhadores me veio em mente conversar sobre isto com voces, afinal, uma das coisas que nòs brasileiros observamos quando estamos fora do Brasil é na qualidade das ruas , sejam nas grandes cidades ou em estradas importantes. 

Um video que vale a pena assistir:



sábado, 18 de outubro de 2014

Colaboraçao com VOCES!!!!

Pessoal, to super empolgada com a idéia que tive esses dias!! Espero que muitos de voces gostem e PARTICIPEM!!!!!


Estarei prorrogando o prazo para a entrega do video atè segunda feira 20/11/2014!



sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Limpeza de casa.... na Italia!!!

Hoje atendendo a pedido de alguns leitores, venho falar sobre os produtos que uso para limpar a minha casa. 

Pode parecer estranho né, hehe, mas na verdade quando chegamos em outro paìs ficamos confusos ao ver tanto produto na prateleira, nomes diferentes e sem saber o que realmente é necessàrio no uso diàrio de nossas casas. 

Outro ponto é que, por exemplo, a àgua por aqui costuma ser calcària e isso faz com que manche os locais aonde tem contato, como por exemplo, box, banheira, privada , pia...e existe um produto especifico para tirar essa mancha, mas cuidado com suas maos, nao esqueça da luva pois é um produto forte.... para saber mais, dà o play e vem comigo nesse bate papo! 


CLIQUE AQUI para ir ao video!!

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Vida na Italia - Saude e Segurança

Olà pessoal, tudo bem?! Hoje vamos conversar sobre o sistema de saùde na Italia e a segurança, como andam por aqui.

Sempre no meu ponto de vista, da minha experiencia, posso dizer que estou muito satisfeita. 

Sair de casa e deixar a garagem aberta, voces imaginam isso no Brasil?! Pois é, por aqui eu ainda posso fazer isso, mesmo sendo brasileira e tendo aquele "medinho" sei que nao acontecerà nada e ninguém se atreverà a entrar na minha casa. 

As crianças podem andar tranquilamente pelas ruas, claro, somos pais e maes e temos a responsabilidade de vigia-los, mas nao temos aquela tensao, aquele medo de que possa acontecer algo de muito ruim. Inclusive ruas para atravessar, os carros estao muito atentos por aqui quando passam por locais como parques e escolas. Por outro lado temos muitos ciganos na cidade e isso nos deixa mais preocupados, visto o alto indice de sequesto de crianças por parte de ciganos. Mas isso seria assunto para outro post!

E a saùde? Quer saber mais? Clica no video !


quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Milao - Dia de votaçao!!

Desde que mudei para cà fiquei como muitos brasileiros: doidinha com tantas informaçoes de documentaçao, seja de residencia, de casamento, de saùde, cidadania, passaporte e enfim, de titulo eleitoral. 'E tanta informaçao junta e misturada que pensamos em fazer tudo de forma correta para estar nas conformidades da lei.


Essa foi uma das coisas que fiz e, quase quase, me arrependo: transferencia do titulo eleitoral. Por que? Porque se eu nao tivesse feito poderia pedir a um parente no Brasil justificar ou pagar a multa na minha cidade e fim de papo. 

Nao é que, transferindo o titulo voce nao possa justificar, até pode, mas eu fico insegura em confiar no serviço, afinal, temos que mandar uma carta para um endereço de Brasilia e com a prova do motivo, obviamente, que lhe impediu de ir a sua sede votar. Mas às vezes os motivos nao tem necessariamente uma "prova", nao é mesmo? Uma enxaqueca, um filho com febre, preguiça ou mesmo o GASTO que é fazer praticamente 3 horas de carro para chegar, no meu caso, a Milao! 

Sim, aqui os locais para os brasileiros votarem sao somente dois: Milao ou Roma. Quem mora mais ao norte, Milao. Quem mora do centro para o sul da Italia, Roma. 

Ok, vamos olhar pelo lado positivo da coisa: Passear em Milao é sempre bom, nao é verdade? Entao, quem tà na chuva é para se molhar e por isso, nos programamos para fazer um tour por là, vem com a gente?!  

Ok...isso nao quer dizer que o voto poderia ser liberal e nao obrigatòrio, certo? Mais democracia, por favor. 

Enquanto isso, vem passear em Milao...ruas da moda, da cultura, do cafezinhos em mesinhas... do Duomo e dos palàcios antigos!!


terça-feira, 14 de outubro de 2014

Viagem Cultural na Italia e diversao para a familia toda!

Voce jà imaginou entrar em um local que te transporte ao passado? E aos tempos medievais?! Posso dizer que esse lugar existe e fica localizado aqui na Italia, na regiao do Trentino, e é um complexo enorme com toda a estrutura mantida no tempo, oferecendo a oportunidade de entrarmos na història, em um passado distante e tao presente no momento em que voce coloca os pés nesta fortaleza. 



 Uma das coisas mais impressionantes é a imensidao em que foi construìdo e, os campos aonde viviam o dia a dia, hoje uma extensao de verde aonde podemos inclusive fazer piquenique se der na telha! 



Um passeio como este envolve nao somente os adultos como também as crianças. Tornando um passeio cheio de cultura e història em diversao aos pequenos guerreiros medievais. Sim, porque uma das vantagens é a interaçao que foi criada para as crianças aprenderem brincando, seja tocando ou com a imaginaçao. 



Existem salas com as armaduras dos guerreiros medievais e todos os acessòrios imaginàrios. Proteçao para o corpo, para a cabeça , capas, sapatos, instrumentos que usavam para guerrear. E posso garantir que muito marmanjo se diverte, rss, inclusive eu e meus amigos, hehe! 


O Castelo Beseno, assim chamado, està posicionado em um ponto estratégico, em cima de uma colina, isto porque servia para controlar a Vallagarina (que é um vale entre duas montanha, dando acesso de comunicaçao entre o Império Alemao e a Penisola Italiana) contra os inimigos.


A sua origem é medieval e por volta de 1400-1500 sofreu uma reestruturaçao que resultou no seu aspecto atual: havendo 3 torres que eram utilizadas para artilharia. 

Uma ùltima curiosidade é que nos dias de hoje o seu espaço vem utilizado também para espetùculos e importantes representaçoes històricas.

Para um melhor entendimento, deixo a voces o vlog do nosso passeio por este bellissimo Castelo Beseno: 



Isola d'Elba

A Isola d'Elba é um dos lugares mais fascinantes que jà conheci aqui na Italia. Maiores detalhes , como hospedagem, aonde comer e o que fazer , voce poderà encontrar neste POST, CLIQUE AQUI.

Dessa vez venho com imagens da ilha, um video que fiz em colaboraçao com meu marido Lorenzo Nenci e , modéstia parte, o resultado foi "stupendo" !! 

Vale a pena conferir a beleza natural, a història, as praias e as paisagens da Ilha de Elba. E quem sabe, se voce ainda nao conhece, coloque na listinha de lugares a conhecer na Italia?!! 

Fica a sugestao, com muito carinho, pois é um lugar que vale a pena irmos ao menos uma vez na nossa vida. 



terça-feira, 7 de outubro de 2014

Mais uma tag divertida para voces me conhecerem melhor!!

Adorei participar dessa Tag , retornei ao passado e ainda divido com voce um dos meus maiores PANICOS na Italia, rsrsrsrs

Espero que se divirtam como eu me diverti!! Obrigada por assistirem, bacione!!!



segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Vem passar uma tarde comigo?!

Um vloguizinho aonde mostro um dia normalissimo de semana na minha vida!

Espero que gostem do video, hehe, obrigada por estarem sempre presente!

Baci Baci!




domingo, 5 de outubro de 2014

Curiosidades Internacionais!!!!

Neste video apresento a voces diversas curiosidades espalhadas pelo mundo afora!

Foi um projeto realizado com a colaboraçao de mais 8 amigas que estao na Italia, na Holanda, na Suiça, em Sao Paulo, enfim, voces irao se impressionar com o tanto que a gente pode aprender e conhecer com poucos minutos de video, hehe, vale a pena conferir as festas e as delicias de outras culturas clicando no video abaixo:




Divirtam-se e deixem comentàrios!!! Aproveitem para se inscrever nos canais das meninas, que trazem sempre novidades e curiosidades ! 


sábado, 4 de outubro de 2014

Viagem na Italia - Madonna della Corona

Uma Igreja.... construìda em cima de um penhasco...de uma rocha!!! 

Um caminho... uma via Sacra...silencio...natureza...respeito. 

Imaginou? Este local é incrìvel e muito visitado pelos turistas. Jà fui diversas vezes e devo dizer que a cada vez é como se fosse a primeira. 

Quando levei meus pais, se emocionaram muito. 

Dessa vez meu filho, com 6 anos, se emocionou e participou de tudo o que ele ia vendo durante o caminho: as estaçoes de Cristo. A morte, a injustiça, o sepultamento e a ressureiçao. Envolveu tanto ao meu filho que ele ficou bravo com os soldados romanos e chorou ao saber que Cristo morreu por nòs. Apesar de jà ter falado sobre a història de Jesus ao meu filho, através de livros e mesmo na escola ,pois sao 2 anos que ele tem religiao como matéria, dessa vez, estando presente neste local, ele "materializou" a història que conhecia através de imagens e palavras.

Um lugar que vale a pena ser visitado por todos. Todas as informaçoes sobre o local, voces encontram no box de informaçao do video!!! 

Filmei tudo para voces, espero que sintam a mesma sensaçao que se passa ao estar pessoalmente por là:



sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Vamos descontrair?!

Hoje participei de uma tag entre amigas para comemorar o 1° ano do canal das Youtubetes, hehe! 

Adorei ,pois respondi a perguntas que tem muito sentido e espero ter tirado a curiosidade de muitos leitores que me assistem também sobre o que penso do mundo do youtube! 

Baci baci atè o proximo video!!





quinta-feira, 2 de outubro de 2014

ESCOLA NA ITALIA - MATERIAL ESCOLAR!!

Com a chegada das aulas fiquei piradinha por aqui com a nova lista de material escolar. Afinal, sou mamae de primeira viagem em relaçao a escola italiana, pois até agora meu filho mais velho estava no que eles chamam de scuola materna ou asilo. Dos 3 aos 6 anos. 


Agora a història é outra. Matteo começa a Elementare, ou seja, a nossa antiga primeira série, hehe. A alfabetizaçao, o conhecimento da matemàtica, da geografia e até do ingles. 

Para a minha surpresa os livros, de òtima qualidade e nao sao poucos, sao dados pela escola. O meu unico trabalho foi cobri-los com uma capa transparente para que durem o ano todo. 


Precisei comprar somente cadernos e acessòrios, como làpis de cor, tesoura etc. 

Este é o primeiro ano também que Matteo levarà a "merenda" para a parte da manha na escola. Pois na escola materna a fruta era dada pela escolinha. Entao , sao novidades e com isso, algumas duvidas surgiram ao ir atràs do material nas lojas comerciais. 

Com a entrada também de Analuisa na escolinha, minha vida està muito movimentada e de manha é assim que deixo preparada as coisinhas dos dois, hehe:


Vem saber mais detalhes comigo nos videos a seguir, aonde bato um papo com voces e os levo comigo às lojas de material escolar! 

Bate papo e mostrando o material comprado: 


Saindo para comprar o material e mostrando as lojas para voces: 

Nao esqueçam de compartilharem com seus amigos, sao curiosidades e pode ajudar a quem està planejando vir morar com a familia aqui na Italia ;) baci baci!!

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Café Italiano - Moka

Hum...basta a palavrinha "café" para nos sentirmos mais aconchegantes, mais tranquilos, para uma paradinha com nòs mesmos ou com amigos. E, se por sorte conseguissemos levar o gostinho do café italiano para as nossas mesas? Jà pensou?! E basta pouco! 

Quando aprendi a usar a MOKA ,entendi a diferença entre o café italiano e o brasileiro, que aqui, vem chamado de café americano e aguado, hehe, visto que os italianos adoram um cafezinho forte, daqueles que levanta até defunto, sabem?! rs

Vem conhecer comigo a garrafinha italiana e como é o modo de prepara-la para fazermos o cafézinho:



Me encontre também na fanpage : www.facebook.com/mixpelomundo! Assim voce fica por dentro das atualizaçoes e novidades do blog e canal no youtube! baci baci!

VIAGENS PELO MUNDO - By Lorenzo Nenci

Neste post estarei selecionando videos produzidos pelo meu marido, Lorenzo Nenci, de viagens realizadas por ele anos antes que nos conhecessemos. 


Lugares como Estados Unidos, Africa e Australia, estao inclusos e cheios de informaçoes, belezas naturais e muita cultura. 

Para os amantes da lingua italiana, o video foi feito através de um audio mecanico , na lingua italiana, e realmente nos passa a impressao de assistirmos a um documentàrio recheado de boas imagens e conteùdo!


Cliquem nos videos abaixo e deixem os vossos comentàrios, quem sabe voce também nao se planeja a ir em um desses locais ou atè mesmo, divide com a gente como foi a sua experiencia por là, caso jà tenha tido essa oportunidade?! 

Namibia e Sud'africa
 Australia
 Estados Unidos
Kenya e Serengeti

Obrigada por assistirem e nao esqueçam de compartilharem o video em suas redes sociais, assim mais pessoas poderao apreciar estes videos!

terça-feira, 30 de setembro de 2014

Hungria na Italia!!!

Sim é possìvel termos a Hungria na Italia quando temos amigos hungaros que vem nos visitar na bota italiana, hehe!!!
   

Eu jà falei sobre a nossa viagem à Hungria, passando pela casa de nossos amigos, neste LINK


E dessa vez, fomos nòs que tivemos o prazer de recebe-los aqui no nosso cantinho!


Foram dias incrìveis , cheios de passeios, boa companhia e para ser ainda melhor, as crianças se esforçaram ao conversar em portugues, pois nòs, mamaes, somos brasileirissimas, nao é mesmo?! E ve-los usando o bilinguismo, é tudo de bom!!!


Levamos nossos amigos em vàrios cantinhos italianos e tenho certeza que voces irao adorar estes locais que fiz questao de filmar para poder mostrar aqui em video para voces!!! 


Venham passear com a gente:




Aquario de Genova!!!!

O maior aquario da Italia!!! Nòs estivemos là neste verao e gostamos muito deste passeio em famìlia! 

O valor do bilhete varia com as promoçoes durante o ano e o perìodo em quem fomos é alta temporada. O "pacote familia" saiu por  60 euros, dois adultos e uma criança de 6 anos. Crianças até 4 anos nao pagam . Este pacote normalmente é muito mais caro fora de promoçoes. Mesmo assim, eu ainda achei um preço bem salgado. Existem diversos pacotes com variaçoes de visitas e consequentemente de preços, nòs escolhemos o mais simples de todos.

Caso voce queira saber mais detalhes, visite o site neste LINK

Para ver o que tem no maior aquario da Italia, assista ao video e vem passear com a gente!!



PRAIA ITALIANA - Como funciona?

Olà pessoal, tudo bem?
+

 Passando para atualizar o blog e para quem nao viu, neste video eu mostro a voces como funcionam as praias italianas, pois, diferente do Brasil, a maior parte dos espaços na praia sao privados e precisamos pagar nos estabelecimentos comerciais para poder entrar e aproveitar nosso dia no mar! 


Ainda nao sabia? Clica no video e vem ver de pertinho como funciona:




sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Espaço do Leitor - Dicas de viagem na ITALIA por Elisa Ferraz

E entao, pessoal? O que acharam do post precedente sobre as dicas de viagem da Elisa Ferraz, na França? Eu achei super importante e muito vàlida para quem vem para a Europa em geral, principalmente aos "marinheiros de primeira viagem"! 

E, para finalizar o texto, hoje trago a segunda parte: ITALIA. 

Vamos là , viajar junto com a Elisa em mais uma aventura? Nao esqueçam de deixar os vossos comentàrios!

E, para aqueles que se interessarem em participar do quadro "Espaço do Leitor", basta mandar seu texto e fotos para o email: mixpelomundo@hotmail.com que entramos em contato e publicaremos as suas viagens, dicas e passeios! 

Obrigada a todos e .... boa leitura!!!

Itália


Depois de termos partido da França, fomos em direção à Itália. Mais especificamente à Veneza.
Visitamos Veneza, Florença e Milão.


Para a visita à Itália reservamos assentos nos trens das linhas FrecciaRossa - para Milão - e FrecciaArgento - para Florença; essas linhas pertencem à Trenitalia.
Para maiores informaçoes no blog ,sobre os trens na Italia, clique AQUI)

É importante ressaltar que as passagens dos trens são caras. Tanto é que íamos à Verona e à Pádua. Desistimos ao ver que no total das 5 passagens pagaríamos 250 euros em trem de velocidade reduzida (sendo que teríamos horário marcado de volta).

Fora as passagens desses trens, as passagens para Veneza (Venezia Santa Lucia) você pagará por volta de 2,50€ por pessoa, ida e volta. Essa dica vale principalmente para quem se hospedar em Mestre, o que eu recomendo já que Veneza possui inúmeras ruas pequenas, aptos pequenos nos hotéis, além de você ter que pagar uma taxa diária por se hospedar na ilha - o que sai muito mais caro porque as taxas costumam ser de 4€ por pessoa, além dos hotéis cobrarem mais caro suas diárias - e ter que carregar as suas malas nos vaporetos lotados.

Um aviso aos turistas na Itália: cidades como Florença e Veneza você paga uma taxa diária pela hospedagem. Valor: por volta de 4€.

Agora a dica vai para quem pousar em Veneza e se hospedará em Mestre. No aeroporto, do lado esquerdo ao sair do portão de desembarque, há um guichê para a compra de bilhetes para o ônibus que vai para Mestre. As passagens não são caras. Ao comprar as passagens, uma outra dica: compre o mapa de Veneza/Murano/Burano na banca ao lado. Custará 3€ o mapa detalhado. Esse mapa é a salvação em Veneza. Todo mundo se perde por lá, faz parte do passeio. Então se previna comprando esse mapa no aeroporto porque é muito mais barato do que na ilha (lá custará em torno de 5€ um mapa menor e com menos detalhe). Você deve estar se perguntando sobre o mapa de Mestre. Não se preocupe, os hotéis costumam fornecer um e se você pedir, eles indicarão até onde está o hotel no mapa e onde é a estação de trem.

Depois de comprar o mapa de Veneza, se dirija ao ponto do ônibus, que costuma sair da coluna de nº6, do lado direito da saída da porta do aeroporto. Não tem como errar pois terá uma placa indicando "Mestre".

Os ônibus sairão lotados e com gente em pé na maioria das vezes, não se preocupe. As malas serão postas no "porta-malas" por você mesmo. E seja rápido se não quiser perder o ônibus já que os motoristas não costumam ser muito delicados quanto à espera e ajuda. O seu ponto de saída do ônibus será na segunda parada do ônibus: a estação de trem de Mestre. Na estação terá táxis, o que eu aconselho na chegada e saída da cidade, pois as calçadas não  facilitam para os turistas que possuem malas para levar a pé.


Para ir até Veneza há dois caminhos: o ônibus da linha 4L ou o trem. Eu e minha família optamos pelo trem.

Para quem for de trem, ao chegar na estação de Mestre, observe o telão com os destinos e horários. Ao achar o destino de "Venezia Santa Lucia", observe o número da plataforma e o horário de saída do trem. Fora os telões, há cartazes de "Partenze" (partidas dos trens que sairão de Mestre) na estação. Cuidado para não procurar o destino nos cartazes de "Arrivi" (chegadas)!

Ao achar o portão e o horário do trem para Veneza, compre seus bilhetes ou nas máquinas verdes que estão na estação, ou compre na Tabacchi (tabacaria - aqui você economiza tempo porque quase não há fila). Lembre-se: compre passagem de ida e de volta ("andata e ritorno")! Custará por volta de 2,50€ ida e volta por pessoa.

O bilhete do trem terá q ser validado por você mesmo numa das máquinas verdes pequenas que estão distribuídas nas colunas das plataformas de trem. Para validar, insira o bilhete na parte preta da máquina. Ao inserir leve o bilhete para o lado esquerdo dessa parte preta, caso contrário não será validado o seu bilhete. Para saber se validou o bilhete você terá que ouvir um som como o de dinheiro sendo separado nos caixas eletrônicos, sabe? Ao retirar o bilhete da máquina, você verá um corte na parte superior esquerda do seu bilhete. Pronto. Seu bilhete está validado. Agora é só esperar o trem na plataforma. Para ir até a plataforma devida, desça as escadas e procure o número da plataforma nas placas azuis encostadas nos cantos das entradas para as escadas. Se você perder o trem porque demorou, não se apavore! É só observar o telão novamente (ou o cartaz de "Partenze") e procurar o próximo trem que sairá em direção à "Venezia Santa Lucia".

Ao entrar no trem você verá que há corredores separando os vagões. Para passar de um vagão para o outro ou para sair de um trem, aperte o botão que está do seu lado direito, encostado à porta do vagão.

Nos trens dificilmente terá assento preferencial. Há assentos preferenciais nos vaporetos.


Ao chegar na estação de Venezia Santa Lucia, dirija-se ao Grande Canal (placa cinza)/ Uscita (saída). Para comprar os bilhetes do vaporeto, desça as escadas e compre no guichê que estará do seu lado direito. Ali as filas são menores do que no guichê do lado esquerdo.


Ao comprar o bilhete por 6€ cada pessoa (de ida e volta - 12€ - não se esqueça! Não compre o bilhete para o dia inteiro porque não vale à pena, além de custar mais caro) não se esqueça de validá-lo! Caso contrário pode ser que apareça um agente da segurança e ao exigir o seu bilhete falará um monte porque você não validou. Ao válida-lo, é só esperar na fila do guichê amarelo indicado como Ferrovia. É ali que você valida o bilhete e espera o vapporeto. Cada bilhete validado vale por 60min para você pegar o vapporeto. Caso você precise pegar o vapporeto em outra estação e você não tenha o bilhete e não tenha onde comprá-lo, não se apavore: compre o bilhete do próprio funcionário do vapporeto.

Saindo de Veneza, fomos para Florença. O nosso trem saía da estação de Veneza e passaria pela de Mestre. Preferimos ir até Veneza novamente (de táxi pq sairia 2€ a mais do que se fosse de trem. E trem com malas é o que há!) e de lá pegar o trem pra Florença. Eu recomendo você pegar o trem na primeira estação de saída dele; assim você conseguirá espaços para guardar as malas (ou entre os vagões, ou embaixo das poltronas, ou na parte inferior entre duas poltronas, ou ainda acima das poltronas como ocorre nos aviões). Recomendo também que levem malas pequenas para facilitar nas viagens de trens.


Outra recomendação é comprar as passagens dos trens grandes (FrecciaRossa, FrecciaArgento, FrecciaBianca) por internet. Desse modo você não precisará pegar fila para comprar passagem porque a passagem é o próprio papel impresso com o código de barras que você terá em mãos ao comprar pela internet. E o melhor: não precisará validar!

Os trens grandes possuem lugar marcado. Por isso, preste atenção ao lugar o qual você comprou e se aparecer alguém exigindo o seu lugar, atenção: pode ser que essa pessoa esteja aplicando um golpe. Então, pegue a sua passagem e verifique se você entrou no vagão ("carrozza") correto e poltrona correta. Se estiver correto, fique tranquilo que o correto é você e não essa pessoa. 
Lembre-se de que a Itália está sofrendo com várias invasões ilegais e infelizmente pode ser que uma dessas pessoas ilegais esteja viajando de forma ilegal no trem. Não se apavore: diga que você está correto e sente no seu lugar. Se essa pessoa continuar exigindo, diga que chamará o funcionário e se preferir peça para conferir o bilhete dela. Se for uma pessoa golpista você verá na mesma hora e provavelmente essa pessoa desistirá de exigir o seu lugar e sentará em outro. Nesses casos, permaneça no seu lugar e sentado. Não ceda de cara.

Agora uma dica dos museus de Veneza, Florença, Milão e outras grandes cidades da Itália: compre as entradas pela internet! Você economizará seu tempo, porque não pegará fila - você entrará por uma entrada lateral reservada aos bilhetes reservados (para quem comprou pela internet), e aproveitará melhor o passeio, podendo visitar mais museus e outros locais no mesmo dia.

Outra dica é a água nos "bebedouros" distribuídos pelas cidades. Para quem tem o estômago forte, aproveite! Você economizará com a água. Agora, para quem tem o estômago mais sensível como eu, prefira comprar água mineral; até por precaução e para que você não passe mal durante a viagem. Com a "água da bica" dos restaurantes, funciona da mesma forma. Se você tiver estômago sensível, peça água mineral.
Atenção: se você não gostar de água gasosa, peça apenas água mineral. Se você der muitas especificações como "água mineral sem gás", pode ser que eles façam como fizeram conosco: trarão água gasosa. E não peça para trocar, peça uma nova. Dica para quem não quer ficar "brigando" com o garçom.

Agora mudando o rumo da conversa. Os supermercados funcionam como na França e os banheiros também. Na Itália você costuma pagar os banheiros públicos em cidades turísticas. Na França são poucos os banheiros pagos. Mas leve sempre algumas moedas com você. Em Veneza os banheiros custam em torno 1,50€.

Mudando novamente o rumo da conversa, vamos para os restaurantes. Aqui muito cuidado!

Quando você vir no cardápio "Pizza", atenção: virà um prato com a pizza in-tei-ra. Não pense que será como no Brasil: um pedaço de pizza ou quem sabe pizza peq/méd/grd. Não! Será uma pizza inteira. Não faça como vários turistas que pedem uma pizza para cada um e quando chega o prato arregalam os olhos ao verem que é uma pizza inteira que veio em seu prato.
Outra dica é o "Tris". Nem todos os restaurantes possuem essa maneira de formar um prato. Chama-se Tris porque é a junção de 3 dos tipos de primeiros/segundos pratos que o restaurante possui. Se quiser um Tris, pergunte ao garçom se há possibilidade de fazer um Tris dos primeiros pratos: "C'è la possibilità di fare un Tris di primi?". Se houver, aproveite! Realmente é uma delícia e custarão por volta de 9€ nas cidades turísticas.

Agora uma dica para quem vai pegar avião no aeroporto de Milão. Atenção: tenha comida e bebida em mãos ou numa das malas de mão. O aeroporto de Milão não tem estrutura, o que dificulta para os passageiros; principalmente se você vai pegar um vôo de manhãzinha, já que os cafés só abrem às 6h e mesmo assim não têm muita opção de comida e bebida. Por isso é sempre bom levar um pouco de comida e bebida consigo antes de embarcar. E outra dica: embale suas bagagens com plásticos nos guichês verdes. Nesse aeroporto há 2 desses guichês: um que se localiza à direita de quem entra no aeroporto; e outro que se localiza próximo ao balcão da KLM (balcão de nº 26 se não me engano). Dessa forma você protegerá as suas bagagens da água da chuva e do roubo de seus pertences.

Essas são algumas das dicas para quem vai viajar para Itália ou para algum outro país e queira algumas dicas que possam lhe ser úteis.

E se você vai viajar: uma ótima viagem! E aperte os cintos que a aventura está só começando!

Escrito por Elisa Ferraz

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Espaço do Leitor - Dicas de viagem Italia e França por Elisa Ferraz

Conheci a Elisa Ferraz através do meu canal no youtube, aonde ela é inscrita e, de pouco em pouco ela começou a interagir comigo nos comentàrios dos videos.E foi gratificante essa troca, pois vejam voces que bello presente ela me deu: dois posts repletos de dicas e informaçoes sobre a viagem que ela fez para a França e a Italia e, como nao poderia deixar de ser, compartilho com todos voces, através deste espaço: o Espaço do Leitor, aonde, voce, leitor, pode participar contando as suas aventuras para nòs e, se achar vàlido, dividir com nòs as suas dicas e experiencias durante seus dias de viagem!

Entao, vamos là?! 

O post de hoje é o inicio da viagem que a Elisa fez, começando pela França. No pròximo post, publicarei as dicas da viagem na Italia!

Aviso a todos que nao mudei uma virgula do que foi escrito, ok! Ficando realmente a critério de quem manda o texto todos os pròs e contras do pròprio passeio! 

Boa leitura!!

França



Minha viagem de 2014 com minha família se inicia aqui: França.

Em 2012 já tínhamos visitado Paris durante 8 dias (o que eu recomendo como sendo o mínimo para quem gosta de história e gosta de desfrutar o local e seu povo) e este ano resolvemos visitar a Baixa Normandia e o Vale do Loire (que se pronuncia "Luar").

Antes de iniciar qualquer viagem tenha em mente o seguinte: os povos são diferentes. Cada lugar tem uma cultura, que tem um povo, que tem um modo de vida e pensamentos completamente diferentes de cada um de nós. A França não escapa disso; muito menos os franceses. Um francês pensa da seguinte forma (bem metafórica): a minha privacidade é como uma caixa que me envolve; então, se eu quiser uma informação de alguém, pedirei com licença, desculpas e por favor para obter a informação, porque estarei "invadindo" essa privacidade invisível do outro.

Basta isso e pronto: você não terá problemas com os franceses e desfrutará da sua viagem da melhor forma possível. Os franceses se parecem muito com os ingleses nesse ponto de vista: eles não são grossos e mal educados como alguns pensam. Pelo contrário, são super educados mas são reservados e contidos; como os ingleses. Mas basta ser cuidadoso que você os conquistará.

Agora, passando para viagem propriamente dita.


Para essa viagem eu e minha família já tínhamos reservado hotéis em diferentes cidades e um carro.

Chegando na França, no aeroporto Charles de Gaulle, fomos para o guichê das locadoras de carros que fica no estacionamento saindo da porta 2F do terminal 2 do aeroporto. Como já tínhamos a reserva do carro, bastou mostrar a reserva à atendente e completar alguns dados.

Na França tudo é bem sinalizado mas é sempre bom levar um GPS do seu país de origem, caso contrário poderá vir um GPS em francês/inglês, o que pode atrapalhar ao invés de ajudar. O lugar que pode chamar de mais confuso na França é o aeroporto, onde as placas são inúmeras e as entradas e saídas idem. Mas nada como muita calma, observação e um GPS para ajudar.

As estradas francesas são muito bem sinalizadas, o que facilita a viagem. Mas cuidado: não há retornos sinalizados como os daqui do Brasil. Lá, os retornos serão nas cidades próximas às estradas ou haverá retorno em pontes, mas você terá que prestar atenção ao sentido que irá pegar. 

Por exemplo: você está na A1 e quer voltar para a D671. Não terá uma placa escrita "retorno D671"; terão placas com indicações de cidades. Quando você acha (ou o GPS acha) a direção que precisa ir, sempre haverá uma rotatória com indicação para a estrada onde você queria retornar e outras cidades/estradas. Não há aquele "retorno direto" que nós temos aqui no Brasil. Por isso, muita atenção.

A gasolina, como alguns já devem saber, somos nós mesmos que colocamos. Aí se inicia a brincadeira do negócio! E a brincadeira começa com a seguinte pergunta: quem sabe colocar gasolina? Ninguém da minha família tinha colocado no próprio carro antes. Então, lá fomos nós todos colocar com a "grande experiência" que tínhamos: ter visto os frentistas colocarem gasolina no carro. Atenção: sempre leve um pano pequeno com você. Sabe aquele pano que envolve a ponta da mangueira da bomba de gasolina? Aquele pano serve para não vazar gasolina no seu carro, já que sempre escorre um pouquinho pela mangueira e se você não tiver, suja o carro. O que aconteceu conosco, diga-se de passagem. Aí, dá-lhe lencinhos de bolso pra limpar o carro que nem nosso era! Haha

Para pagar a gasolina há dois métodos na França: ou você paga com cartão na própria bomba antes de colocar gasolina (pagando se libera a gasolina), ou você paga na Lojinha do posto (para a balconista) indicando o número da bomba com a qual você abasteceu seu carro. Não tem erro.

Agora os pedágios:

Na França (o único país europeu onde andei de carro, por isso imagino que, por estar na União Europeia, deva ser assim nos outros países europeus pertencentes a essa união econômica, não tenho certeza), os pedágios possuem 3 mecanismos básicos: ou você paga com dinheiro/cartão na máquina, ou você paga pra algum atendente, ou você pega um ticket (no caso das estradas menores) e paga depois (quando você for adentrar às grandes estradas onde haverá cabines de pedágio para inserir o ticket e pagar os quilômetros rodados). No primeiro caso é fácil: basta inserir o dinheiro onde estará escrito "billets" (notas) ou onde estará escrito "pièce" (moedas), ou ainda inserir o cartão (lembrando que o cartão é para quem possui um cartão europeu) onde estará escrito "carte".

No segundo caso, basta você se dirigir a uma das cabines do pedágio onde terá como indicado o modo de pagar em dinheiro (os painéis acima da estrada, que estão próximos aos pedágios, te indicarão com o desenho de notas e moedas. Não vá para o lugar indicado como o cartão apenas).

No terceiro e último caso, você verá que ao se aproximar do pedágio das pequenas estradas haverá símbolos de tickets nos painéis acima. Não se assuste, você terá que apertar o botão verde para pegar um ticket que será pago quando você adentrar a uma grande estrada. Aí sim, você insere esse ticket e paga o valor cobrado: em dinheiro ou moedas. O troco virá sempre em moedas.

Como diferenciar as estradas grandes das pequenas na França? Simples. O "tamanho" das estradas se diferencia com as letras às quais estão nomeadas. É sempre decrescente o "tamanho" delas: do A para o E. Por exemplo: a estrada A1 é uma estrada grande. Já a estrada D671 é uma estrada pequena, daquelas que só possuem faixa única num sentido e faixa única no outro sentido. O 3° caso do pedágio ocorre muito quando você pega uma das estradas D em direção a uma das estradas A. Na estrada D você pega o ticket e paga na entrada da estrada A.

Agora os estacionamentos. Os estacionamentos "públicos" da França geralmente são pagos. Apenas estão próximos às praças, museus e lojas, mas são ao ar livre e por isso chamei de "público", só pra facilitar a imaginação. Esses estacionamentos (assim como os cobertos e para museus, castelos, lojas, etc) estarão indicados como "parking" ou com um P branco em fundo azul. Fácil localizar as placas dos parkings. Para pagá-los há duas maneiras: ou você vai até uma máquina azul, que está presente no próprio estacionamento, seleciona o tempo que irá ficar e paga (como a nossa "zona azul") ou, como no caso dos estacionamentos cobertos, você segue as placas de "caisse" (caixa) e vai até uma máquina onde poderá pagar em cartão europeu, moedas e dinheiro. 

Preste bastante atenção se as máquinas aceitam dinheiro, já que há várias delas que aceitam apenas cartão europeu ou moeda. Neste caso, peça para trocar o dinheiro em alguma loja de souvenir próxima dizendo: "Excuse moi, mandame/monsieur. S'il vous plaît, c'est sera possible changer cet argent pour pièces?" (Com licença sr/sra. Por favor, será que seria possível trocar esse dinheiro em notas por moedas?). Dificilmente eles negarão. Se negarem, diga que precisa pagar o estacionamento (se quiser pedir em francês: "S'il vous plaît, je besoin des pièces pour payer le parking"). Eles não recusarão.

Ao pagar nas devidas máquinas, você receberá o ticket para que ou coloque no carro (como a nossa zona azul) ou para que insira na cancela do estacionamento.

Mudando de rumo, vamos ao supermercado. Nada como ter uma vida francesa por alguns dias fazendo compras no supermercado.

Para uma boa compra com economias não se esqueça de levar suas sacolas de compras, caso contrário terá que comprar as sacolas dos próprios supermercados que custam em torno de 40 centavos de euro cada uma. Imagine se você compra sacolas de supermarcado em cada supermercado que vai. Terminará como nós: com uma coleção de sacolas! Hahaha Isso se não gastar dinheiro a toa como nós gastamos quando fomos ao mercado na região do Mont Saint Michel: sacolas lindas de supermercado mas o preço era de 2 euros cada. Olha só a facada no peito. Por isso leve as suas sacolas - aquelas que os pais/maridos reclamam que lotam os porta-malas das mães/esposas. Você mulher verá o quanto ele irá agradecer no final da compra.

Uma pequena dica: ao chegar no caixa diga bonjour/Bonsoir sempre! Bonjour para até o sol se pôr (ou até as 18h no verão) e Bonsoir para a noite. Isso alegra o atendente francês. Lembre-se: se você for uma pessoa fria com eles, eles serão frios com você porque pensarão que você quer ser tratada dessa forma.

Última dica: os banheiros. Franceses, assim como os italianos, não jogam papel no lixo. Jogam papel higiênico na privada. A única coisa que jogam no lixo é o absorvente. Por isso, atenção mulheres!

Além disso, a descarga é diferente da nossa. Ou terão dois botões, sendo um maior (para o "número 2") e outro menor (para o "número 1"); ou a descarga será automática; ou a descarga será no chão. Nesse último caso terá uma alavanca para você pressionar com o pé.

Os secadores das mãos ou serão de vento (como os nossos shoppings ou terão um lugar pra você inserir suas mãos, o que os fazem ser secadores de grande potência) ou serão em "forma de toalhas" (o compartimento é como o de papel, mas ao puxar você verá que parecem toalhas).

Na França você pode beber da água da torneira porque são águas tratadas. Alguns restaurantes servem de graça uma garrafa de água que é de vidro. Essa água é da casa, da torneira. É de graça, confiável e gostosa. Digo gostosa porque as águas francesas costumam ser calcárias, o que deixa um gosto parecido com o da água salobra..o que eu particularmente não aprecio. Então a saída é pedir a água da casa que costuma não ter esse "sabor salobro" que as águas engarrafadas têm.

Essas foram algumas dicas que eu possuo da França. Espero ter ajudado de alguma forma. E se você for para a França: boa viagem e desfrute muito do modo francês de viver! 

Se você tentar viver como os franceses e turistas franceses por alguns dias, você se apaixonará por esse país!